[Politica]

Imprensa internacional diz que não há golpe no Brasil e frustra PT



A presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outras figuras que representam o Partido dos Trabalhadores (PT) disseram em diversas oportunidades que a imprensa internacional estaria chamando o impeachment de Dilma de "golpe". Mas será mesmo? Como mostra uma análise publicada nesta sexta-feira, 29, pelo jornal Folha de São Paulo, as coisas não são bem assim. É bem verdade que a maioria dos veículos de comunicação pelo mundo fazem críticas duras ao processo de impedimento em si, mas eles não chamam a manobra de "golpe de estado". O impeachment é realmente uma situação lamentável, onde deve ser evitada ao máximo, até por isso, a constituição brasileira impõe regras rígidas para que ele passe. A Câmara e o Senado precisam ter no mínimo 67% dos votos favoráveis a tese, o que um governo minimamente bem estruturado jamais teria. 
No 'Financial Times', da Inglaterra, por exemplo, um editorial diz que o discurso de Dilma falando que seu impedimento é "golpe" é exagero, lembrando que o processo está sendo baseado nas leis e que seu rito foi aprovado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O 'Le Monde' da França publicou um artigo intitulado "Isso não é golpe de Estado", chamando o discurso de Dilma de infeliz. Pouco tempo depois, o jornal disse  que o artigo não estava equilibrado e disse que quem acusa a presidente também não tem a ficha limpa. Ao todo, o  jornal Folha de São Paulo escolheu onze dos veículos de comunicação com mais repercussão no mundo. O jornal procurou justamente os editoriais, que mostram a opinião da mídia. Artigos de um único autor, por exemplo, não foram pesquisados, tampouco reportagens. 
Recentemente, uma entrevista de Dilma dada à CNN frustrou bastante o Partido dos Trabalhadores. A âncora do canal de notícias americano foi bastante incisiva em suas perguntas, questionado a líder petista se ela seria capaz de governar se o impeachment não passasse no Senado. "Você é extremamente impopular, uma das líderes mais frustrantes do mundo. Acredita que vai sobreviver?", questionou a jornalista mais de uma vez. Dilma disse que lutaria até o fim para ficar viva na política, mas reconheceu, por exemplo, que Lula era um político melhor do que ela.
Imprensa internacional diz que não há golpe no Brasil e frustra PT Imprensa internacional diz que não há golpe no Brasil e frustra PT Reviewed by Ze Felipe on 11:31:00 AM Rating: 5