[Politica]

Ads Top

Autora do pedido de impeachment admite que recebeu R$ 45 mil do PSDB, veja o vídeo

A advogada Janaína Paschoal, que junto com o jurista Miguel Reale Júnior, foi autora do pedido de impeachmeant da presidente, confessou que eles foram contratados pelo partido tucano, com a função de elaborar um parecer do impeachment.
Esse assunto já havia surgido na mídia como especulação, e depois a própria autora do pedido de impeachment confirmou a informação: o PSDB construiu o pedido de impedimento (e agora também tem a relatoria no Senado).
A confirmação foi dada à comissão especial que analisou o pedido na última quinta-feira (28). Janaína disse que recebeu R$ 45 mil do partido para, junto com Reale, elaborar o parecer sobre o afastamento de Dilma.
A advogada contou que foi contratada pelos tucanos em maio e que o processo foi proposto por eles em setembro. Essa confirmação foi dada depois que a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM), confrontou a advogada - até então, Janaína Paschoal dizia que o pedido tinha sido elaborado baseado em reivindicações de cidadãos indignados.
A senadora Vanessa Grazziotin escreveu em sua página do Facebook que isso é algo muito grave, pois trata-se de um jogo de cartas marcadas, com o intuito de retirar do poder uma presidente que foi eleita legitimamente.
Veja o vídeo do momento em que, confrontada, a advogada revela que o PSDB a contratou:

Participação de Janaína na Comissão especial do Impeachment foi conturbada

A advogada não teve uma boa participação na comissão especial, entre choros, saídas da sala e exaltação com parlamentares, Pachoal chegou até mesmo a se confundir e fazer afirmações de que, se os senadores não tirarem Dilma do poder agora, o país terá dezesseis anos de PT no poder.
Em outro momento Janaína afirmou que quer estender a sua luta  por toda a América Latina, e complementou dizendo que os apoiadores de Dilma são "torturadores". Nesse momento, enquanto foi elogiada por muitos parlamentares, foi também criticada por uma parte dos senadores da base governista. Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse à advogada que antes dela estender a sua luta pela América Latina, ela deveria observar atentamente outros regimes totalitários, como o do Paraná, que persegue professores - referindo ao governo de Beto Richa, do PSDB.
publicidade
Autora do pedido de impeachment admite que recebeu R$ 45 mil do PSDB, veja o vídeo Autora do pedido de impeachment admite que recebeu R$ 45 mil do PSDB, veja o vídeo Reviewed by Ze Felipe on 2:23:00 PM Rating: 5