[Politica]

Ads Top

'Cara de pau': líder do MBL deve R$ 4,9 milhões em mais de 60 processos na justiça

A hipocrisia rola solta no Brasil em todas as esferas de poder e sociedade. A 'cara de pau' de alguns atores sociais é o mais notável dentre aqueles que defendem o impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Como exemplo clássico disso, o Brasil teve durante a votação do impeachment uma deputada, a Raquel Muniz , que elogiou a conduta do seu marido e prefeito da cidade de Montes Claros. Não deu em outra, no segunda-feira após a votação do impeachment pelos deputados federais, a Polícia Federal prendeu o marido da deputada que votou sim pelo impeachment, acusado de beneficiar o hospital da família em contratos com a secretaria de saúde de Montes Claros.

MBL combate a corrupção?

O Movimento Brasil Livre (MBL) é um grupo de ativistas por meio online que defende a queda da presidente Dilma Rousseff e a extinção do Partido dos Trabalhadores (PT). O MBL diz combater a corrupção no Brasil, mas já provou o contrário diversas vezes. A primeira foi quando Kim Kataguiri apoiou Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados Federais em Brasília. O parlamentar é acusado de desvio de dinheiro, corrupção e coação dos poderes públicos. Tudo indica que Eduardo Cunha (PMDB) pode ser preso em breve pela Polícia Federal.
Outro fato que coloca em dúvida a idoneidade do MBL é que o movimento não apoiou nenhuma das escolas públicas que foram ocupadas em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Ceará. O MBL não esteve presente em nenhuma ocupação realizada pelos jovens secundaristas nos três estados. Mais uma falha do movimento que profana ser de jovens estudantes do Brasil.

Renan Santos do MBL deve para trabalhadores que nunca receberam pelos seus serviços

O mais tendencioso e divergente na luta contra a corrupção é ser corrupto como tal. O MBL tem um dos seus líderes com uma lista extensa de processos e com uma verdadeira ficha-suja na justiça brasileira. 
Para piorar, a maioria dos processos são trabalhistas, relacionados a trabalhadores que prestaram serviços para Renan Santos, um dos três líderes do MBL, e não foram pagos pelos seus serviços.
 O líder do MBL possui 61 processos, onde 45 são trabalhistas relacionados a empresas que Renan fundou mas não obteve sucesso. Inclusive, em uma das ações, a justiça brasileira acusa o líder estudantil de fraude no fechamento de uma das empresas. Belo exemplo não? 

A falsa luta pelo combate a corrupção no Brasil

É difícil combater a corrupção se você é um dos corruptos. Face a isso temos Eduardo Cunha, que abriu o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff enquanto réu no STF. Demorou mais de 130 dias para que Cunha fosse afastado.
Outro combatente da corrupção é Michel Temer, vice-presidente (PMDB). O político já fora citado diversas vezes em delações premiadas realizadas durante as operações da Lava-Jato. Recentemente o TRE de São Paulo tornou-o ficha-suja por incompatibilidade de valores declarados em sua última campanha. O político pensa em assumir o poder com o afastamento de DIlma Rousseff.
publicidade
'Cara de pau': líder do MBL deve R$ 4,9 milhões em mais de 60 processos na justiça 'Cara de pau': líder do MBL deve R$ 4,9 milhões em mais de 60 processos na justiça Reviewed by Ze Felipe on 3:09:00 PM Rating: 5