[Politic]

CUT e MST podem invadir o Senado com apoio do PT, diz 'O Antagonista'

De acordo com informações do blog político 'O Antagonista' em reportagem publicada neste domingo, 08, o Senador do Rio Grande do Sul pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Paulo Paim, estaria planejando um apoio à ocupação do Senado na terça-feira, 10, às vésperas da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso. A informação foi repercutida em uma rede social pelo Movimento Brasil Livre, que faz forte oposição contra o governo da petista e é a favor do impedimento. 
Segundo 'O Antagonista', que é editado por jornalistas que saíram da Revista Veja, o Senador Paulo Paim fará uma audiência pública com a presença de movimentos sociais, como a União Nacional dos Estudantes (UNE), o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e a Central Única dos Trabalhadores (CUT). Uma fonte de 'O Antagonista', no entanto, teria dito que o objetivo da audiência é abrir as portas do Senado para uma ocupação, o que evitaria assim a votação que pode decretar o afastamento da líder governamental. 
No Facebook oficial do Senador, diversos internautas repercutiam a informação do blog político e o criticavam pelo suposto movimento de baderna. Até a publicação desta reportagem, ele ainda não havia se pronunciado sobre as acusações. "Que feio...Mas essa badernas vão acabar, juntamente com os baderneiros! Acham pouco o que a MADAME fez ao Brasil!", disse um internauta. Já outro também detonou. "Vive fazendo reuniõezinhas sobre direitos humanos. Só faixada, pra ter oportunidade de falar de politica e vitimizar a chefe da quadrilha", escreveu. 
Para que a presidente Dilma seja afastada são necessários 41 votos ou maioria simples dos Senadores que estiverem presentes na votação histórica. Recentemente, um movimento invadiu a Assembleia Legislativa de São Paulo. Formado por estudantes, o grupo também teve apoio de entidades sindicais e pedia apuração dos deputados sobre a mafia da merenda, além de uma melhor qualidade da comida que é servida nas escolas estaduais. O governo estadual está a cargo de Geraldo Alckmin, do PSDB. 
CUT e MST podem invadir o Senado com apoio do PT, diz 'O Antagonista' CUT e MST podem invadir o Senado com apoio do PT, diz 'O Antagonista' Reviewed by Ze Felipe on 9:21:00 PM Rating: 5