[Politica]

CUT e MST sem dinheiro? Temer pretende cortar recursos para movimentos pró-PT

De acordo com informações da revista Veja, em reportagem publicada nesta sexta-feira, 22, o vice-presidente da república, Michel Temer, deve cortar o fluxo de movimentos sociais ligados ao Partido dos Trabalhadores (PT) e que agora lutam contra o impeachment da presidente da república Dilma Rousseff. Esse movimentos tem dito que vão "incendiar' o país, promovendo greves gerais e até interrompendo o fluxo de veículos e pessoas nas principais estradas brasileiras.

Uma das primeiras medidas de Michel Temer caso assuma será cortar o fluxo de recursos para movimentos sociais pró-PT, que pretendem “incendiar” o país contra seu governo. Os principais movimentos que lutam contra o impeachment são a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST). Nesta quinta-feira, 21, após protestos em frente à sua residência em São Paulo, Michel Temer decidiu voltar para o Palácio do Jaburu, em Brasília. Interlocutores negam que ele tenha saído de São Paulo por conta da pressão dos manifestantes e dizem que em Brasília, Temer terá mais facilidade de negociar ministérios, caso o impedimento de Dilma se concretize e ela seja afastada do poder. 

Enquanto Temer voltava para a capital federal, Dilma estava no exterior. Ela discursou nesta manhã na Organização das Nações Unidos (ONU). A reunião da entidade internacional acontece em Nova  York, nos Estados Unidos, e fala sobre estratégias e ações que todos os países terão que tomar para evitar o aumento da temperatura em todo planeta. Rousseff dedicou quase que todo seu discurso a questão do clima, mas no final ela lembrou que o país passa por uma crise política e que os brasileiros não impediriam o retrocesso com a volta de governo autoritários. Ela não mencionou a palavra "golpe", como vinha fazendo até então.

Enquanto Dilma discursava, grupos contra e a favor de Dilma protestavam do lado de fora do prédio da ONU. Os dois tinham em média a mesma quantidade de pessoas. Entre 50 e 100. Com bandeiras e cartazes, um gritava que não ia ter golpe, enquanto o outro lembrava que o processo de impeachment é previsto na constituição brasileira. 
CUT e MST sem dinheiro? Temer pretende cortar recursos para movimentos pró-PT CUT e MST sem dinheiro? Temer pretende cortar recursos para movimentos pró-PT Reviewed by Ze Felipe on 11:52:00 AM Rating: 5