[Politica]

De saída, Dilma arma ‘bombas’ para Temer

O vice-presidente Michel Temer (PMDB) que se prepare. Apesar do pouco tempo que o afasta do Palácio do Planalto - se a presidente Dilma Rousseff, como tudo indica, for afastada do cargo na quarta-feira pelo Senado, ele pode encontrar um cenário ainda pior do que se imagina. Dilma, seus ministros-tampões e aqueles que não abandonaram o barco correm contra o relógio para fazer o limpa no caixa do governo enquanto se seguram nos cargos dos quais terão de se despedir em breve.
Temer até pode desarmar as bombas pelo caminho, mas irá sofrer sérios arranhões em sua imagem e na de seu eventual governo. Um exemplo é cancelar o reajuste de 9% ao Bolsa Família determinado em decreto presidencial anteontem e que havia sido anunciado por Dilma em pleno 1º de maio, no Dia do Trabalhador.
Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”, algo ainda mais grave ocorre no Ministério das Cidades, que pretende pagar todas as emendas dos deputados e senadores, incluindo os de oposição. Imagina o rolo que o vice não vai arrumar com os parlamentares que eventualmente dependeram dele para receber esses recursos depois. Ontem, Dilma prestigiou a ministra da Agricultura, Kátia Abreu. Esteve no reduto eleitoral da auxiliar, em Palmas (TO), para inaugurar sede da Embrapa no Estado. Aproveitou para anunciar a criação da Universidade Federal do Araguaia. 
FRASE:
"O Senado deve fazer isso quase de imediato, como foi feito com o Collor"
Roberto Freire, deputado federal e presidente do PPS, sobre a antecipação do julgamento da presidente Dilma Rousseff pelo Senado se ela for afastada na quarta. O prazo regimental é de seis meses. O ex-presidente Collor foi julgado e condenado depois de 88 dias, em 1992 

Janot denuncia mais dois figurões do PT
Pelo visto ninguém do alto escalão do Partido dos Trabalhadores vai escapar das garras do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Os novos alvos são o casal formado pela senadora paranaense Gleisi Hoffmann e o ex-ministro Paulo Bernardo (no governo Lula). Os dois foram denunciados ao Supremo pelo procurador. A decisão de Janot, tomada na sexta-feira, ocorre 37 dias depois de o casal ter sido indiciado pela Polícia Federal, dentro da Operação Lava Jato, por corrupção passiva. O inquérito policial concluiu que os dois receberam R$ 1 milhão de propina de contratos firmados entre empreiteiras e a Petrobras.

João Paulo Rillo - 08052016


Deputado João Paulo Rillo (de camiseta roxa) aborda moradores no conjunto Lealdade e Amizade em Rio Preto, construído pelo programa Minha Casa Minha Vida. O petista esteve no bairro ontem para defender que Dilma é vítima de “golpe”
 NOTAS:
Cachimbo da paz
A Atem estende a mão para o sindicato dos servidores, apesar das críticas (e ações judiciais) do sindicato de que a criação da entidade - específica dos funcionários da educação em Rio Preto - divide a categoria. A Atem pede para o sindicato voltar atrás da decisão de encerrar a campanha salarial e propõe a unificação das duas campanhas para pressionar a Prefeitura a ceder o reajuste.

Jorge Menezes - 08052016


Jorge, o rebelde
O prefeito Valdomiro Lopes (PSB) teria reclamado diretamente a Campos Machado, de quem foi colega na Assembleia, do comportamento de Jorge Menezes (foto). O vereador, do PTB de Campos, estaria pisando na bola na Câmara de Rio Preto, apesar de ter indicado o sucessor na Secretaria de Agricultura.


Moça exigente
Mesmo que cumpra promessa de concluir as obras de revitalização do Calçadão até o fim o do mandato, em dezembro, Valdomiro deve entregar o cargo após oito anos em déficit com a Associação Comercial. De acordo com a ex-presidente da Acirp Adriana Neves, a entidade também esperava a construção de um centro de convenções e a flexibilização do horário do comércio na região central. 


NA REDE:
Maurin Ribeiro - 08052016
Mediúnicas
Se o repórter fotográfico Eduardo Secco estivesse vivo teria completado 57 anos no último dia 14 de março. Mas ele morreu em janeiro de 2013. Mesmo assim, os políticos foram lá na página dele no Facebook neste ano para parabenizá-lo. O ex-prefeito Manoel Antunes (PRP) desejou “saúde e sucesso”. “Que você viva intensamente o milagre da vida todos os dias”, disseram a vice-prefeita Ivani e o marido, deputado Vaz de Lima. O vereador e dublê de mágico Maurin Ribeiro (foto) foi outro que felicitou Secco.


Tiozão
Embora não seja exatamente um colegial, o advogado e cinquentão Ailton Bertoni, assessor de João Paulo Rillo (PT), aparece em vídeo com os estudantes secundaristas durante a desocupação da Assembleia na sexta-feira. 

Sensível demais
E falando em João Paulo, o deputado desperta amor e ódio nas redes sociais. Uma parte pede punição ao parlamentar pelo empurrão que ele deu em um PM durante a invasão da Assembleia. Outra sai em defesa do petista, como a sambista Leci Brandão, parlamentar do PCdoB na mesma Casa que Rillo, que gravou um vídeo em apoio ao colega, dizendo ele é que “homem sensível” e que “merece respeito”.


CURTAS:
Por empréstimo - O senador Blairo Maggi, do Mato Grosso, Estado do qual já foi governador, usou o Twitter ontem para confirmar o convite feito pelo presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), para que ele assuma o Ministério da Agricultura na cota do partido em um eventual governo Michel Temer. Só que Blairo é do PR.

Daniel Caldeira - 08052016


Útil ao agradável - O presidente do Sindicato dos Motoristas, Daniel Caldeira (foto), no cargo desde os anos 1980, anunciou a realização de um churrascão para associados em homenagem ao Dia das Mães no clube de campo do sindicato. Entre um naco de carne e um gole de cerveja deve rolar também assembleia para homologar a eleição dele para mandato de mais 8 anos.


Na bacia das almas - Com a definição de quem ficou em cada partido, estão frenéticas as negociações entre as siglas que não conseguiram formar uma boa chapa de candidatos a vereador em busca de coligações. Entre os partidos que estão correndo atrás estariam PP, SD, PTB, PRB, PSC, PCdoB e PSD, todos com representação na Câmara de Rio Preto. 
Tietagem - Um grupo do PSOL de Rio Preto, liderado pelo advogado Marcelo Henrique, esteve ontem em São Paulo. Aproveitaram para tietar a deputada federal Luiza Erundina, recém-filiada ao partido, e que se destacou na luta para a deposição do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ela também é pré-candidata a prefeita da Capital, cidade que já governou.
De saída, Dilma arma ‘bombas’ para Temer De saída, Dilma arma ‘bombas’ para Temer Reviewed by Ze Felipe on 10:15:00 PM Rating: 5