[Politica]

Ads Top

EUA e Argentina detonam Dilma e apoiam impeachment na OEA

Se o objetivo da presidente afastada Dilma Rousseff era conseguir apoio na Organização dos Estados Americanos (OEA), ela não teve tanto sucesso assim. Isso porque nessa quarta-feira, 18, representantes de pelo menos dois países negaram defender a petista a través do argumento de que há um "golpe no Brasil". As informações são do jornal carioca O Globo. Michael Fitzpatrick, que representa os Estados Unidos na OEA, por exemplo, disse que há sim legalidade no processo de impedimento. A opinião de Michael foi dada em um debate da entidade que une países da América Latina que foi realizado no estado de Washington, nos Estados Unidos. 
O americano detonou a tese de Dilma, dizendo que a democracia brasileira está sendo sim respeitada no processo de impeachment. Ele então citou a própria história americana, que teve dois líderes políticos que passaram por ações semelhantes. O impedimento, segundo ele, faz parte de uma sociedade democrática, sendo uma maneira de garantir a retirada do poder de alguém que não está cumprindo o seu dever com a população. 
Durante o debate em Washington, no entanto, Bolívia, Honduras e Venezuela teriam pedido palavra para dizer que existe sim um golpe parlamentar em território tupiniquim. Em entrevista ao jornal O Globo, José Luiz Machado e Costa, embaixador brasileiro no órgão, disse que o apoio dos Estados Unidos ocorreu depois que um representante do Paraguai leu uma espécie de nota em que afirma que o que acontece no Brasil segue a normalidade. Em seguida, quem também se posicionou a favor das leis foi a Argentina, que lembrou que a constituição brasileira está sendo seguida. 
Segundo o embaixador, seu colega americano teria feito até uma sátira em sua fala, dizendo que o último país que pode falar em golpe é justamente a Venezuela, pois naquele dia teria jogado gás lacrimogênio em manifestantes que protestavam contra o governo de Nicolás Maduro. Maduro decretou recentemente estado de emergência no país. Venezuelanos irritados com a crise estão indo às ruas e pedindo a queda do presidente. 
publicidade
EUA e Argentina detonam Dilma e apoiam impeachment na OEA  EUA e Argentina detonam Dilma e apoiam impeachment na OEA Reviewed by Ze Felipe on 11:59:00 PM Rating: 5