[Politica]

Gleisi continua falando do estupro do RJ, mas não sobre seu assessor pedófilo e estuprador



Beira o inacreditável a contumaz desfaçatez da senadora Gleisi Helena Hoffmann (PT-PR), parlamentar que cada vez mais afunda no lamaçal do Petrolão. Apesar dessa condição, a petista se dá ao desplante de cobrar moralidade dos integrantes do governo de Michel Temer.

Oportunista, Gleisi assina artigo condenando o estupro coletivo ocorrido no Rio de Janeiro, mas ignora que ainda deve explicações – há pelo quatro anos – sobre a indicação de um pedófilo para cargo de confiança na Casa Civil.
Eduardo Gaievski, condenado a mais de cem anos de prisão e ainda respondendo a vários processos por estupro de dezenas de crianças, foi incumbido por Gleisi, à época, de comandar das políticas do governo federal para crianças e adolescentes. Em suma, a raposa tomando conta do galinheiro.
Ao contrário do caso ocorrido no Rio de Janeiro, que tem aspectos nebulosos, o caso de Gaievski é claríssimo e inquestionável. Em áudios repulsivos postados no YouTube, o “Maníaco da Casa Civil” jacta-se em roda de amigos de como “tirou uma virgindade” e fez sexo vaginal e anal com uma menina de 14 anos que ele garante que era virgem.
Em outro arquivo, o pedófilo marca encontro com menores para uma orgia. Suas vítimas eram são sempre crianças pobres que ele abusava à base da ameaça – ou por dinheiro ou pelo uso da força. Gleisi, que levou esse monstro para cuidar das crianças brasileiras, crê que pode dar lições de moral e pontificar sobre estupro, sem explicar sua relação com Gaievski e como levou esse criminoso hediondo para a Casa Civil, quando o mesmo já era investigado por diversos casos de abusos contra crianças.
Gaievski, que está condenado há mais de um século de prisão e pode receber pena idêntica nos outros processos a que responde, continua regularmente filiado ao PT do Paraná, comandado por Gleisi, que parece não perder um minuto de sono com o escândalo que no mínimo deve ser classificado com barbárie.
Em artigo assinado publicado nesta terça-feira (31), a senadora tem delírios de cinismo e sugere que o problema do estupro é do governo de Michel Temer, que não teria sensibilidade para com os problemas das mulheres.
“Penso que teremos tempos difíceis no Brasil daqui pra frente. O governo interino que comanda a Nação, não tem sensibilidade em relação à causa das mulheres, tampouco conhece e entende sua história. Retrocedeu e não deixou nenhuma mulher para sua equipe do primeiro escalão. É um recado claro: aqui vocês não terão vez! Vamos resistir, como sempre fizemos! O respeito e o empoderamento às mulheres é condição essencial à democracia! Sem eles, esta será sempre estuprada!”, escreve a senadora.
Ucho.info
Gleisi continua falando do estupro do RJ, mas não sobre seu assessor pedófilo e estuprador Gleisi continua falando do estupro do RJ, mas não sobre seu assessor pedófilo e estuprador Reviewed by Ze Felipe on 2:28:00 PM Rating: 5