[Politica]

'Minha Casa, Minha Vida' tem novas denúncias e vira caso de polícia

O Bom Dia Brasil mostrou nesta quinta-feira (5) uma série de problemas em imóveis novinhos do “Minha Casa, Minha Vida”. E choveram novas denúncias por todo o Brasil. No interior de São Paulo tem até CPI do “Minha Casa, Minha Vida”.
Foi tanta denúncia, que a Câmara dos Vereadores de São José do Rio Preto criou uma CPI para investigar. O loteamento Parque Nova Esperança foi alvo das denúncias. São 351 suspeitas de irregularidades encontradas pelos fiscais do Conselho Regional deCorretores de Imóveis durante operações no noroeste paulista. A maioria das fraudes é de casas alugadas ou vendidas ilegalmente pelas famílias beneficiadas. Alguns loteamentos também foram invadidos, outros abandonados. A comissão encaminhou as informações apuradas para Caixa, que disse que está colaborando com as investigações. Mas afirma que verificou apenas 114 ocorrências. A Defensoria Pública também apura as fraudes.
Em Imperatriz , no sudoeste do Maranhão , quase 6 mil unidades do programa estão com a construção atrasada. Os futuros moradores começaram a ser cadastrados em 2012 e 2013 e até agora não tem nem previsão de quando vão receber as chaves. A Caixa informou que mais de R$ 170 milhões foram investidos e que um dos condomínios está atrasado por falta de recursos das construtoras. No outro, a Caixa alega que o problema foi uma empresa que descumpriu um contrato e já foi substituída.
Em Venâncio Aires , no Rio Grande do Sul , os promotores investigam denúncias em 354 apartamentos de dois condomínios financiados pelo “Minha Casa, Minha Vida”.

São mais de 600 pessoas suspeitas de participar da venda e locação ilegal dos imóveis. Alguns apartamentos financiados por R$ 60 mil teriam sido vendidos por R$ 80 mil. A investigação vai ser encaminhada para a Caixa nos próximos dias. E aí os envolvidos podem responder por falsidade ideológica e até perder os apartamentos. Se isso acontecer, as unidades são repassadas. Hoje, são mais de quatro mil famílias na lista de espera por moradia na cidade.
Em Mato Grosso , o Ministério Público Federal abriu 20 inquéritos para investigar irregularidades. Tem falhas no projeto, fraude na execução, venda e aluguel dos imóveis.
E tem também irregularidades na entrega dos documentos. A Prefeitura de Cuiabá disse que investiga todas as denúncias e já excluiu mais de 1 mil famílias sorteadas no programa por causa disso.
Só na semana passada, 30 famílias foram desligadas por terem renda superior a R$ 1.600 e já terem casa própria. As famílias têm até dez dias para recorrer da decisão.
A Caixa explicou que ampliou o convênio com o Conselho Federal de Corretores de Imóveis para reforçar a fiscalização. No caso de venda irregular, explicou que atua com a Polícia Federal para fazer a reintegração de posse. E que quem vende é obrigado a restituir o dinheiro e não pode mais participar de nenhum programa. E quem compra, perde a casa. Sobre os atrasos, a Caixa afirmou que a data da entrega é definida só depois da conclusão das obras. E que a seleção das famílias é responsabilidade de estados e municípios.
Nesta quinta-feira (5), teve mais uma inauguração do “Minha Casa, Minha Vida”, em Santarém , oeste do Pará.
O governo entregou quase 3.100 unidades. A presidente Dilma visitou uma das casas. Na saída, recebeu flores de um grupo de mulheres.
'Minha Casa, Minha Vida' tem novas denúncias e vira caso de polícia 'Minha Casa, Minha Vida' tem novas denúncias e vira caso de polícia Reviewed by Ze Felipe on 10:22:00 AM Rating: 5