[Politica]

Ministro da Cultura diz: "Estaremos sujeitos ao que a sociedade demanda, não a serviço de um projeto de poder”.



O novo ministro da Cultura Calero, Marcelo tomou posse no cargo nesta terça-feira, 24 e mandou um recado bem claro aos artistas e agentes culturais ligados ao PT:  Estaremos sujeitos àquilo que a sociedade demanda, nunca a serviço de um projeto de poder”.

Ao tomar posse, Calero agradeceu ao presidente por dar espaço à área ao recriar a pasta e disse que único 'partido da cultura é a cultura'.

“Os programas da Prefeitura do Rio são vivo exemplo de gestão republicana. Modelo que será observado com máximo rigor. O partido da cultura é a cultura, não qualquer outro. Estaremos sujeitos àquilo que a sociedade demanda, nunca a serviço de um projeto de poder”, destacou, deixando claro que não haverá mais financiamentos a projetos relacionados à preferências partidárias dos artistas.

"Zelaremos pelo fortalecimento institucional do ministério. Vivemos um dos momentos de maior fragilidade desse sistema em toda a história recente do país, gerado pela situação de grande dificuldade financeira a que estava sujeito o MinC nos últimos anos. Agradeço o compromisso do presidente Temer de reverter esse quadro e garantir a cultura espaço", disse o novo ministro.

O discurso de posso de novo ministro da já sofreu críticas de artistas ligados ao PT e movimentos culturais controlados pelo partido.
Ministro da Cultura diz: "Estaremos sujeitos ao que a sociedade demanda, não a serviço de um projeto de poder”. Ministro da Cultura diz: "Estaremos sujeitos ao que a sociedade demanda, não a serviço de um projeto de poder”. Reviewed by Ze Felipe on 5:24:00 PM Rating: 5