[Politica]

Olho neles! Conheça 20 candidatos a revelação do Brasileirão 2016


Se em 2015 o Brasileirão teve Clayton e Gabriel Jesus como principais revelações, 2016 pode ser o ano de outras promessas, como Andrigo, do Internacional, Douglas, do Fluminense, Maycon, do Corinthians, ou Caíque, do Vitória, entre outros. Na lista de 20 jogadores promissores feita pelo blog para o campeonato constam também nomes já afirmados nos Estaduais, como Maycon, do Corinthians, e outros que ainda buscam espaço, caso de Raul, do Grêmio. Confira:

América-MG: Matheusinho (meia-atacante)

Aos 17 anos, Matheusinho arrebentou na Copa São Paulo em 2016. Fez quatro gols, deu passe para cinco e comandou o América-MG na campanha que chegou até as semifinais. Aos poucos, o baixinho de 1,64m começa a ganhar espaço nos profissionais com Givanildo Oliveira, entrando em jogos no segundo tempo.


Atlético-MG: Capixaba (meia-atacante)

Destaque do título do Atlético-MG na Copa do Brasil Sub-17 de 2014 ao lado de Bruno Tabata (que já deixou o clube), Capixaba nasceu em 1997, tem sido convocado para a Seleção sub-20 e mostrou evolução em seu jogo. Destro, atua pela esquerda como um ponta driblador e cria boas jogadas por ali.



Atlético-PR: Giovanny (meia-atacante)

Mesmo tendo jogado pouco no Campeonato Paranaense, Giovanny é um jogador que pode ganhar espaço no Furacão no Brasileirão. Rápido e driblador, o meia-atacante de 18 anos tem no currículo uma ótima Série A2 pelo Guaratinguetá em 2015, com oito gols marcados em 17 jogos.



Botafogo: Leandrinho (meia)

Com Ribamar já firme entre os profissionais, outros garotos do Botafogo podem ganhar espaço durante o Brasileirão. Um deles é Leandrinho, meia de 20 anos, que fez uma ótima final de Campeonato Carioca contra o Vasco e ganhou elogios de Ricardo Gomes, mas ainda precisa de uma boa sequência de jogos para fincar o pé entre os 11 titulares.



Chapecoense: Andrei Alba (volante)
Andrei Alba ChapecoenseDestaque do sub-20 da Chape na última temporada, Andrei Alba começou a ganhar chances no time principal em 2016. Com boa força física, eficiência no passe e poder de marcação, o volante de 21 anos pode também atuar como lateral-direito e arrancou elogios do treinador Guto Ferreira após estrear nos profissionais contra o Brusque.



Corinthians: Maycon (volante)

Elogiado várias vezes por Tite nesse início de ano, Maycon foi, na opinião do blog, o melhor jogador da Copa São Paulo de 2016. Canhoto, chega bem na área adversária, finaliza com qualidade e pode atuar como primeiro ou segundo volante, lateral-esquerdo e até segundo atacante, posição em que atuou na base. Já balançou a rede também nos profissionais.


Coritiba: Dodô (lateral-direito)
Dodô CoritibaIntegrante da Seleção brasileira no Mundial Sub-17 de 2015, Dodô estreou pelos profissionais do Coxa neste ano e barrou Reginaldo, criticado após a final do Campeonato Paranaense. Rápido e forte, o lateral de 17 anos chega bem ao ataque e pode ser uma boa alternativa para o técnico Gilson Kleina quando o titular Ceará não estiver em condições de jogo.



Cruzeiro: Bruno Viana (zagueiro)

Força, velocidade e bom posicionamento é uma boa combinação para um zagueiro, e Bruno Viana, 21 anos, a mostrou durante o Campeonato Mineiro. Cria da base cruzeirense, o zagueiro impressionou pela segurança, a ponto de, em poucos jogos, ter o nome pedido no time titular pela torcida.


Figueirense: Gustavo Ermel (atacante)

Cria da base do Juventude, Ermel foi ainda na base para o Figueirense e agora começa a ganhar espaço nos profissionais. Canhoto, rápido e driblador, o atacante de 21 anos cresceu com a saída de Clayton para o Atlético-MG, virou titular do time e já marcou alguns gols importantes.



Flamengo: Léo Duarte (zagueiro)

Muricy Ramalho procura um zagueiro para reforçar o elenco, mas deu pouquíssimas chances a Léo Duarte, zagueiro de 20 anos que fez uma excelente Copa São Paulo. Ele se destaca pela segurança, velocidade e qualidade técnica, a ponto de saber atuar também como lateral e volante.



Fluminense: Douglas (volante)

Muito elogiado pelos treinadores que passaram recentemente pelo Fluminense, Douglas vem tendo cada vez mais chances de atuar nos profissionais. Aos 19 anos, o volante canhoto já acumula convocações para seleções de base e mostra grande potencial de evolução. Outra promessa tricolor é Richarlison, comprado junto ao América-MG após fazer uma excelente Série B em 2015.



Grêmio: Raul (lateral-direito)
Grêmio x São Paulo Copa sul sub-20 Raul GrêmioCom Lincoln já afirmado nos profissionais desde o ano passado, o técnico Roger Machado pode promover outro garoto que já se destaca no clube: o lateral-direito Raul, 18 anos, é apontado como o melhor da geração no Brasil e impressiona pela qualidade nos cruzamentos na bola parada e com ela rolando. Já poderia ter tido mais chances nos profissionais.



Internacional: Andrigo (meia-atacante)

Melhor jogador do Internacional no Campeonato Gaúcho, Andrigo tem, aos 21 anos, a oportunidade de mostrar que chegou para ficar de vez nos profissionais do Colorado. Habilidoso e com poder de finalização, o meia-atacante é tratado como futuro craque desde cedo no Beira-Rio e terá, no Brasileirão, o desafio de enfrentar mais adversários de qualidade com frequência.


Palmeiras: Vitinho (meia)

Camisa 10 do time sub-17 do Palmeiras em 2015, Vitinho subiu de categoria e nem sentiu. Voltando de lesão, fez uma boa Copa São Paulo (apesar do gol perdido no vídeo abaixo), cresceu ainda mais de lá para cá e subiu para os profissionais. O elenco do Palmeiras ainda é inchado, mas ele pode ter chances de atuar durante o Brasileirão.




Ponte Preta: Ravanelli (meia-atacante)

Batizado em homenagem ao atacante italiano que fez sucesso no Juventus na década de 90, Ravanelli já é destaque na base da Ponte Preta há algum tempo. Foi promovido pelo técnico Alexandre Gallo ao time titular e fez um belo gol de falta contra o RB Brasil. Já está na mira de outras equipes do Brasil e do exterior.



Santa Cruz: Wellington Cezar (volante)

O mais velho entre os candidatos a revelação. Aos 22 anos, o volante teve muito espaço na Série B de 2015, mas não tem jogado com o técnico Milton Mendes, pois passa por uma fase de "reaprendizado" para evoluir em alguns fundamentos.



Santos: Vitor Bueno (meia)

Aos 21 anos, Vitor Bueno ganha cada vez mais prestígio no Santos. O meia fez três gols no Campeonato Paulista e mostrou que pode ser uma boa opção para Dorival Junior, sobretudo com as prováveis ausências de Lucas Lima e Gabriel, convocados para a Seleção brasileira, no início do campeonato.



Sport: Everton Felipe (atacante)

Tratado como joia desde 2014 no Rubro-Negro pernambucano, Everton Felipe voltou recentemente de um empréstimo para o Internacional, e rapidamente se firmou nos profissionais do Sport. Rápido e driblador, é mais um que coleciona convocações para seleções de base.



São Paulo: Lucas Fernandes (meia)

Destaque tricolor na Copa São Paulo e autor do gol do título na Libertadores Sub-20 neste ano, Lucas Fernandes já entrou bem em alguns jogos dos profissionais e é visto dentro do clube como uma grande promessa. Meia habilidoso, finaliza bem com as duas pernas e tem muita visão de jogo.



Vitória: Caíque (goleiro)

Tratado como fenômeno dentro do clube, Caíque assumiu recentemente a posição de titular e não decepcionou os torcedores. O goleiro de quase 2 metros de altura chama a atenção pela agilidade, apesar da altura, e pela tranquilidade demonstrada em seus primeiros jogos.


Olho neles! Conheça 20 candidatos a revelação do Brasileirão 2016 Olho neles! Conheça 20 candidatos a revelação do Brasileirão 2016 Reviewed by Ze Felipe on 12:14:00 PM Rating: 5