[Politica]

Reforma agrária de Lula e Dilma deu dinheiro até para defunto

Um dos principais movimentos sociais que apoia o governo da presidente da república Dilma Rousseff é o MST, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra. A principal reivindicação do grupo é por terras, solicitando uma aceleração de medidas que visam fazer a chamada "reforma agrária". Essa é uma das bandeiras do Partido dos Trabalhadores antes mesmo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumir o governo. Bastou ele chegar ao posto, no entanto, para até defunto receber dinheiro e lotes em ações governamentais.
Como a existência de zumbis ainda não foi comprovada pela ciência, nenhuma das pessoas que morreram, é claro, poderiam usar o benefício. Por isso, a situação virou caso de polícia e Polícia Federal. O órgão que tem grande credibilidade no país decidiu investigar a fundo irregularidades no chamado "Plano Nacional de Reforma Agrária". A coisa é tão crítica que até membros do Ministério Público são investigados por conduta criminosa. Com um detalhe, o trabalho do Ministério Público é evitar justamente que a população seja lesada, seja por entes públicos ou privados, tanto na esfera física, quanto na jurídica. 
De acordo com o colunista Cláudio Humberto, um dos documentos apurados pelos policiais mostra que no ano de 2009, um ano antes da campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff, um terreno foi dado a um beneficiário falecido há seis anos. A morte ocorreu em 2003. Esse caso foi descoberto graças à um CPI do Incra/Funai. O mesmo morto conseguiu outro benefício, levando uma ajuda do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, o Pronaf. Ninguém sabe dizer como ele conseguiu sacar o dinheiro, muito menos como gastou, afinal, já eram seis anos desde sua morte. 
Para completar o quadro inacreditável, o mesmo defunto também recebia uma ajuda do Bolsa Família, que teve anúncio de aumento para 9% no Dia do Trabalhador efetuado pela presidente Dilma. E olha que descobrir tudo isso não foi lá tão mirabolante. Bastou a CPI do Incra com a Funai cruzar dados de quem recebe programas do governo com CPFs de pessoas inativas. O ato básico não tinha sido feito pelo Incra. Outra irregularidades também foram encontradas, como uma criança de dois anos que recebeu um lote. Ou então algumas pessoas que foram beneficiadas diversas vezes. Que tal levar 18 terrenos diferentes?
Reforma agrária de Lula e Dilma deu dinheiro até para defunto Reforma agrária de Lula e Dilma deu dinheiro até para defunto Reviewed by Ze Felipe on 10:26:00 AM Rating: 5