[Politica]

Situação ficou mais confortável para Temer, analisa Gleisi Hoffmann



Na avaliação da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) ainda que aguardada por muitos, a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, de afastar o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato de deputado federal, chegou tarde e deixa a situação mais confortável para o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP)
 
"Isso era algo esperado pelo país, pela nação brasileira. Lamentavelmente não veio antes. Talvez a gente teria evitado todo esse processo que nós estamos passando hoje, essa crise mais profunda. Não é só a questão de evitar o impeachment da presidenta, mas evitaríamos as pautas bombas, evitaríamos as demoras e os protelações de medidas que eram importantes para nossa economia. E com certeza isso é confortável para o vice-presidente Michel Temer. O fato de você ter o afastamento do presidente da Câmara, que seria vice dele numa eventual saída de dele do governo, com certeza ajuda a melhorar a avaliação de que nós não teremos na presidência do país alguém tão comprometido como Eduardo Cunha", disse Gleisi.
 
Confira a entrevista no player acima. 
 
Sobre o relatório que será discutido hoje (5) na Comissão Especial do Impeachmente no Senado, a senadora disse que ele pede o afastamento da presidência, mas que todos os pontos serão rebatidos. "Nós vamos hoje rebater esses pontos. Eles não têm sustentação", ressaltou. 
Situação ficou mais confortável para Temer, analisa Gleisi Hoffmann Situação ficou mais confortável para Temer, analisa Gleisi Hoffmann Reviewed by Ze Felipe on 12:10:00 PM Rating: 5