[Politic]

Dilma dirá que jamais tratou de dinheiro para sua campanha com Odebrecht


A presidente afastada, Dilma Rousseff, dirá que jamais tratou de dinheiro para sua campanha com o empreiteiro Marcelo Odebrecht, ou com qualquer outro empresário, na peça que está elaborando para rebater, como testemunha, o relato de que teria intermediado pessoalmente doações eleitorais.

Segundo a Folha apurou, Dilma responderá por escrito a questões formuladas pela força tarefa da Lava Jato, que podem contar com contribuições da defesa de Odebrecht e devem ser chanceladas pelo juiz Sergio Moro, que comanda o andamento da operação em Curitiba.

A petista foi oficiada pelo magistrado em 10 de junho, a pedido de Marcelo Odebrecht, que a apontou como sua testemunha de defesa na ação em que é acusado de comandar um departamento que se dedicava a organizar o repasse de propina para agentes públicos.

O empreiteiro e outros executivos da empresa negociam desde março um acordo de delação premiada com a Justiça do Paraná. Na tentativa de obter benefícios, o ex-presidente da Odebrecht relatou ter conversado reservadamente com Dilma sobre o pagamento de R$ 12 milhões para o caixa dois campanha da petista em 2014. O dinheiro seria usado para pagar o marqueteiro João Santana.

Além disso, Odebrecht afirmou aos investigadores que teve uma reunião com Dilma no México, em maio do ano passado, na qual teria alertado sobre o risco de a Lava Jato descobrir pagamentos ilícitos que a empreiteira havia feito a Santana no exterior.

A presidente afastada deve confirmar que esteve com Marcelo Odebrecht na Cidade do México naquela ocasião, mas vai negar o conteúdo da conversa descrita pelo empreiteiro. Até aqui, a assessoria da petista tem dito que "todos os pagamentos pelos serviços prestados da campanha de reeleição, inclusive a João Santana, foram feitos dentro da lei e declarados à Justiça Eleitoral".

Odebrecht arrolou 12 testemunhas para municiar sua defesa nesta ação. Além de Dilma, os ex-ministros Guido Mantega (Fazenda) e Edinho Silva (Comunicação Social) estão entre os nomes listados pelo empreiteiro baiano.

Moro, porém, até agora só enviou ofício convocando a presidente afastada a se manifestar sobre o assunto.

Procurado pela reportagem, o advogado de Mantega, José Roberto Batochio, disse que, se convocado, seu cliente irá pessoalmente prestar informações à Justiça. Silva, por sua vez, afirmou que só vai se posicionar quando for oficiado por Moro.

O ex-presidente da Odebrecht foi condenado a 19 anos e quatro meses de prisão em primeira instância e recorre da decisão.
(Paraiba)
Dilma dirá que jamais tratou de dinheiro para sua campanha com Odebrecht Dilma dirá que jamais tratou de dinheiro para sua campanha com Odebrecht Reviewed by Ze Felipe on 9:22:00 AM Rating: 5