[Politica]

Ads Top

Medeiros diz que Dilma terá ainda menos apoio na votação do impeachment "Não tem como ela se sustentar”


O senador mato-grossense José Medeiros (PSD) acredita que a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) terá ainda menos votos na sessão que pode cassar definitivamente seu mandato. “Acredito que desta vez ela terá menos votos.


Pela expectativa que temos ao conversarmos com outros senadores, vemos que dependerá muito da presidente [que responderá questionamentos dos senadores]”. Dilma irá ao Senado Federal na próxima segunda-feira (29) quando responderá a perguntas dos parlamentares. 

A última etapa do processo de impeachment contra a presidente afastada começa, nesta quinta-feira, e está prevista para durar seis dias. Em seguida, os senadores votarão pelo afastamento definitivo ou não dela. Para Medeiros, é importante a presença dela no Senado para responder aos questionamentos. “Ela terá a oportunidade de enfrentar todas as questões. Até agora, ela enfrentou através da imprensa e somente atacando. 

No Senado, terá o contraditório”. “O processo de impeachment é calcado em algumas coisas: descontentamento popular, cometimento de crime e falta de apoio político. A presidente Dilma alcançou este tripé e, por isso, caiu. Chegou a este momento de ‘tempestade’ que não tem como ela se sustentar”, disse o Medeiros em entrevista a TV Senado. O Senado aprovou, por 55 votos a favor e 22 contra, em maio, a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Com isso, o processo foi aberto no Senado e Dilma foi afastada do cargo por até 180 dias. Para Dilma ser afastada definitivamente do cargo são necessários 54 votos dos 81 senadores.

Sonoticias

publicidade
Medeiros diz que Dilma terá ainda menos apoio na votação do impeachment "Não tem como ela se sustentar” Medeiros diz que Dilma terá ainda menos apoio na votação do impeachment "Não tem como ela se sustentar” Reviewed by Ze Felipe on 4:11:00 PM Rating: 5