[Politica]

Ads Top

"PSOL é petralheiro, capacho do PT", grita homem em campanha por debate de Erundina na Paulista



Cercada por cabeças grisalhas como a sua própria, a candidata do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Luiza Erundina, começou a caminhada na avenida Paulista neste domingo (7). A ex-prefeita (que governou a capital paulistana de 1989 a 1992) e deputada federal faz uma campanha para tentar assegurar sua participação nos debates de televisão -com apenas seis deputados, o PSOL não tem o quórum mínimo para que a presença de seus candidatos seja obrigatória, segundo a nova lei eleitoral.

 Pela lei, os candidatos que têm participação assegurada são Celso Russomanno (PRB), Fernando Haddad (PT), João Doria (PSDB), Marta Suplicy (PMDB) e Major Olímpio (Solidariedade). Ficam de fora, além de Erundina, terceira colocada na última pesquisa Datafolha, nanicos como Ricardo Young (Rede), Levy Fidélix (PRTB) e João Bico (PSDC). Ao lado de seu vice, o também deputado Ivan Valente (PSOL) e do candidato a vereador pelo PT Nabil Bonduki, Erundina criticou o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). "Essa cláusula é uma vingança do Cunha contra o PSOL, que fomos os principais responsáveis pela sua derrubada", afirrmou. 

Ela afirrma que exigir um número mínimo de parlamentares para participação nos debates é uma "cláusula de barreira" velada. O partido protocolou no Supremo Tribunal Federal uma ação que questiona a constitucionalidade da cláusula.

Na caminhada pela Paulista fechada para carros, Erundina também busca se tornar conhecida entre os eleitores mais jovens, que compõem boa parte do eleitorado do PSOL. Era possível notar que a grande maioria dos militantes do partido, uniformizados e distribuindo panfletos, estava na faixa dos 20 anos. "Eu preciso do apoio dos jovens", disse ela dos que a parou para tirar foto. 

A pequena passeata atraiu a curiosidade dos transeuntes: vários ciclistas empurravam suas bicicletas ao lado de militantes, com adesivos no capacete, ou famílias com crianças pequenas, que brincavam com balões vermelhos com "fora Temer" estampado. "Só no 'fora Temer' com a família toda", brincou uma mulher. Erundina também era muito parada por eleitores idosos, que elogiavam seu governo e por quem é mais conhecida -segundo o Datafolha, 17% dos eleitores com mais de 60 anos declaram intenção de voto na ex-petista.

 No entanto, nem só apoio a candidata recebeu durante o evento. "PSOL é petralheiro, capacho do PT", gritava um homem no meio da concentração de militantes. O partido votou contra a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff.

"Viva o capitalismo", gritou um menino de cerca de dez anos que passava de bicicleta ao lado das bandeiras do "Socialismo e Liberdade". Não houve, entretanto, confusão entre os participantes do ato e os passantes.

(Aquinoticias)

publicidade
"PSOL é petralheiro, capacho do PT", grita homem em campanha por debate de Erundina na Paulista "PSOL é petralheiro, capacho do PT", grita homem em campanha por debate de Erundina na Paulista Reviewed by Ze Felipe on 7:42:00 PM Rating: 5