[Politica]

De acordo com Lei assinada por Dilma, Rio 2016 anuncia que não irá tolerar protestos durante os Jogos



Em entrevista coletiva neste domingo (7), a organização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro afirmou que não irá tolerar protestos políticos nas arenas esportivas. O diretor de Comunicações da Rio-2016, Mario Andrada, garante que quem insistir será retirado dos locais de competição. A polêmica começou após vídeos circularem nas redes sociais com pessoas sendo acompanhadas pela segurança após protestos contra o presidente interino Michel Temer. 

“Essa política é desenhada para proteger principalmentente as empresas que compram direitos e investem muito dinheiro para ter sua imagem associada aos Jogos. No caso da Olimpíada, ainda há a questão de ser um evento de inclusão. Então, por definição, tem uma separação de questões políticas e religiosas. A manifestação política em uma arena quebra esse princípio. E quebra a questão unilateral: só brasileiros entendem protestos relacionados ao Brasil. Então, manifestações políticas, religiosas e comerciais não autorizadas não são permitidas nas arenas. A lei olímpica estabelece essas definições, esse conceito de ‘arena limpa’”, disse Andrada.

A proibição de protestos de cunho político em estádios foi considerada legal pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em 2014, durante a Copa do Mundo. Cantos e vaias não sofrem qualquer tipo de restrição.

Lei da Olimpíada foi assinada por Dilma Rousseff, em maio de 2016, e impõe condições para utilização de cartazes, faixas e bandeiras nos estádios olímpicos. "São condições para acesso e permanência nos locais oficiais, entre outras [...] não utilizar bandeiras para outros fins que não o da manifestação festiva e amigável", afirma o texto da lei. Em seguida, estabelece a mesma condição que a Lei da Copa: 

"É ressalvado o direito constitucional ao livre exercício de manifestação e à plena liberdade de expressão em defesa da dignidade da pessoa humana."

No mesmo artigo, a Lei da Olimpíada proíbe também "portar ou ostentar cartazes, bandeiras, símbolos ou outros sinais com mensagens ofensivas, de caráter racista ou xenófobo ou que estimulem outras formas de discriminação".


Torcedores abordados no Mineirão e Sambódromo

Um espectador foi retirado da prova do tiro com arco no Sambódromo, neste sábado (6). Dois homens da Força Nacional foram abordados ao exibir um cartaz de protesto contra o presidente interino Michel Temer e o vídeo viralizou rapidamente nas redes sociais.

Outras imagens mostraram torcedores abordados no Mineirão por agentes de segurança no Mineirão, onde era realizado o jogo França x Estados Unidos no futebol feminino, por estarem vestindo camisetas com as letras que formavam a expressão "Fora Temer".


(esportes.yahoo)

De acordo com Lei assinada por Dilma, Rio 2016 anuncia que não irá tolerar protestos durante os Jogos De acordo com Lei assinada por Dilma, Rio 2016 anuncia que não irá tolerar protestos durante os Jogos Reviewed by Ze Felipe on 8:39:00 PM Rating: 5