[Politica]

Ads Top

'Movimentos sociais' aterrorizam o País com protestos contra a PEC dos gastos



Integrantes de centrais sindicais e movimentos sociais fazem protestos nesta sexta-feira (25) contra a PEC do teto de gastos públicos. Foram registrados atos em pelo menos oito estados: BA, ES, GO, MG, PE, RN, RS e SE.
publicidade


Manifestantes interditaram vias em várias cidades. Servidores públicos, como professores e funcionários dos Correios e Previdência Social, além de petroleiros e operários da construção civil, fizeram um dia de paralisação.

Veja a situação em cada estado:

Bahia

Estudantes, funcionários públicos e representantes de centrais sindicais se reuniram na reitoria da Universidade Federal da Bahia, em Salvador, de onde partiram em caminhada sentido bairro do Comércio, por volta das 10h. Durante a manhã, integrantes do Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro Bahia) também fizeram mobilizações em frente à sede da Petrobras no bairro do Itaigara.

Espírito Santo

Centrais sindicais fizeram um protesto em frente à sede da Secretaria Estadual de Educação (Sedu), em Vitória. Os manifestantes são contra a PEC do teto de gastos, a reforma do ensino médio, a reforma trabalhista e a reforma da Previdência. A Polícia Militar informou que 100 pessoas participam do protesto. Os manifestantes contestaram o número dado pela PM, mas disseram que não iriam estimar.

Goiás

Funcionários públicos, estudantes e sindicalistas protestaram no centro de Goiânia. Eles se concentraram na Praça do Bandeirante e fizeram uma caminhada em direção ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Algumas vias tiveram o trânsito interrompido. De acordo com a Polícia Militar, 300 pessoas integravam o protesto. Para a organização, havia 600 participantes. O ato acabou às 11h20.

Minas Gerais

Sindicatos reuniram manifestantes no centro de Belo Horizonte. Tendas foram montadas e cadeiras colocadas na Praça da Estação, onde uma assembleia era realizada por volta das 11h. Os manifestantes pretendem fazer uma passeata até a Praça Sete.

Pernambuco

No Recife, os atos envolveram interdições de vias, paralisação de alguns serviços públicos e ocupação de prédios públicos. Manifestantes ocuparam o jardim da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), logo após interditarem a Avenida Agamenon Magalhões, no bairro de Campo Grande. O trecho foi liberado às 9h (horário local).

Ao longo da manhã, trechos das rodovias federais também foram bloqueados por grupos contrários a PEC. Uma das principais avenidas da cidade, a Cruz Cabugá, foi fechada por volta das 6h e reaberta às 7h30. Por causa dos protestos, a região central ficou congestionada.

Rio Grande do Norte

Sindicalistas se reuniram em frente ao Midway Mall, em Natal, e vão caminhar até a governadoria. Manifestantes também ocuparam a sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern). As avenidas Bernardo Vieira e Salgado Filho foram fechadas. Até por volta das 11h, nem manifestantes nem a Polícia Militar haviam informado a quantidade de pessoas nos protestos.

Rio Grande do Sul

Em Porto Alegre, houve interrupção da circulação dos trens, piquetes e bloqueios de avenidas com queima de pneus. Houve atos em frente à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Pontifícia Universidade Católica (PUCRS). No entorno da Rodoviária, um protesto fechou o trânsito no início da manhã.

Sergipe

Membros de sindicatos e trabalhadores reuniram-se das 6h às 8h30 em frente ao Tecarmo, unidade da Petrobras, que fica na Avenida Melício Machado, em Aracaju. Segundo Bruno Dantas, que é dirigente da Central Sindical e Popular Conlutas (CSP/Conlutas), cerca de 300 pessoas participaram do ato. A polícia não informou uma estimativa de participantes.

G1

publicidade
'Movimentos sociais' aterrorizam o País com protestos contra a PEC dos gastos 'Movimentos sociais' aterrorizam o País com protestos contra a PEC dos gastos Reviewed by Ze Felipe on 11:37:00 AM Rating: 5