[Politica]

Ads Top

Para a esquerda, Joice Hasselmann e Rachel Sheherazade não são mulher de verdade, por falarem mal de governo


Quando Joice Hasselmann foi demitida da Veja. Os progressistas e governistas comemoram. Mas esse comportamento não é novidade e nem foi só com ela. Já aconteceu com Rachel Sheherazade incontáveis vezes.
publicidade


 As duas são esculachadas nas redes sociais pelos mesmos tipos que abrem a bocona para falar de feminismo, de opressão machista, de sociedade patriarcal, de como mulheres devem agir e pensar. Como se sabe, ambas não dão eco ao falatório politicamente correto. O que se esperava delas é que como "boas mulheres", ao ocupar o espaço nobre que ocupam, o utilizassem para panfletear em nome da militância. 

Felizmente, tanto Joice quanto Rachel são mentes livres e independentes que pensam sem pedir licença para grupinhos sectários. Para a esquerda, mulher de verdade não fala mal de governo, mulher de verdade balança as tetas na frente da Catedral da Sé. Ocorre que, assim como negros que não seguem a agenda racialiasta, mulheres que não se pautem pelas ações da Marcha das Vadias não merecem respeito. Podem ser ofendidas e menosprezadas. 

Elas deixam de ser mulheres, ou pelo menos aquela abstração esquerdista do "ser mulher", e passam a integrar o igualmente abstrato mundo do "setor conservador". E nesse caso tudo é permitido, incluindo uma "boa bala" e uma "boa cova".

Autor do texto: Guilherme Macalossi
Fonte e Link: http://www.sulconnection.com.br/blog/guilherme-macalossi/155/para-a-esquerda-joice-hasselmann-e-rachel-sheherazade-no-so-mulheres

publicidade
Para a esquerda, Joice Hasselmann e Rachel Sheherazade não são mulher de verdade, por falarem mal de governo Para a esquerda, Joice Hasselmann e Rachel Sheherazade não são mulher de verdade, por falarem mal de governo Reviewed by Ze Felipe on 12:09:00 PM Rating: 5