[Politica]

Ao invés de prestarem solidariedade aos familiares das vítimas do voo da Chapecoense, Dilma e Lula vão chorar por ditador Fidel Castro



Os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff voaram até a ilha de Cuba para participar das cerimonias fúnebres do ditador Fidel Castro, morto no último fim de semana.
publicidade


Apesar de governar a ilha por mais de quarenta anos perseguindo opositores, homossexuais, evangélicos, católicos, deficientes, praticantes de religiões de matriz africana e até mesmo grupos de rock, o ditador foi descrito por Lula e Dilma como “exemplo de herói da democracia”.

Mais irônico ainda foi o fato de que ao invés de se juntarem aos familiares enlutados das vítimas do desastre com o voo da Lamia, que tirou a vida de jornalistas, atletas e comissão técnica do time da Chapecoense, os petistas preferiram visitar Cuba e participar das homenagens públicas ao ditador morto.

O mínimo que se espera de quem se diz tão próximo e tão preocupado com o povo é que se manifestasse alguma solidariedade. Mas isso não aconteceu. Em vez disso, os petistas preferiram criticar o presidente Michel Temer por ele ter comparecido ao estádio Arena Condá, em Chapecó.

Por Renzo Brickman, Jornalivre
Ao invés de prestarem solidariedade aos familiares das vítimas do voo da Chapecoense, Dilma e Lula vão chorar por ditador Fidel Castro Ao invés de prestarem solidariedade aos familiares das vítimas do voo da Chapecoense, Dilma e Lula vão chorar por ditador Fidel Castro Reviewed by Ze Felipe on 9:16:00 PM Rating: 5