[Politica]

Gleisi chama os 10 mil vândalos (formada pela UNE e MST) que atacaram o Congresso de “marcha pacífica”



A falta de conexão do PT com a realidade é conhecida de todos e está cada vez mais profunda. A situação piora sobremaneira quando em cena está a senadora Gleisi Helena Hoffmann (PT-PR), que, não é novidade, vive em delírio permamente.
publicidade


Em postagem em sua página no Facebook, a senadora chama a horda de vândalos (formada pela UNE, MST e até índios recrutados pelo PT) que na terça-feira (29) atacou o Congresso e boa parte da Esplanada dos Ministérios, pichando, quebrando, queimando carros e destruindo tudo o que encontrava pela frente de “marcha pacífica”. O espetáculo de cinismo explícito e acintoso pode ser conferido no trecho a seguir:

“Milhares de pessoas reivindicavam investimentos em saúde e educação, contra a PEC 55, sendo reprimidas pela polícia a mando de Temer, hoje em Brasília”, destaca a parlamentar petista, ignorando a violência do grupo formado por baderneiros de aluguel.

Na sequência, a senador descreve uma imaginária multidão pacífica marchando de forma ordeira para o Congresso e sendo reprimida por uma força policial desnecessariamente violenta:
“Estudantes, secundaristas, sem teto, sindicalistas, trabalhadores e movimentos sociais, em manifestação pacífica rumo ao gramado do Congresso Nacional, foram repreendidos por ataques. Bombas, gás lacrimogêneo e spray de pimenta foram utilizados. Helicópteros e cavalaria também foram acionados. Muitas pessoas estão feridas. Lamentável. O que estão fazendo com nossa democracia? Isso não pode continuar!”

A falta de conexão com a realidade, sempre presente em sociopatas dos mais diversos calibres, é cada vez mais flagrante no PT e em seus ‘”camaradas”. O caos econômico e roubalheira institucionalizada e jamais vista, marca maior da era petista, são reduzidos a nota no pé da página, enquanto as tentativas de reorganizar a economia feitas pelo governo de Michel são apresentadas como tentativas solertes de minar “conquistas dos trabalhadores”.

A própria Gleisi Hoffmann, ré por corrupção, acusada por pelo menos sete delatores da Operação Lava-Jato de envolvimento no escândalo do Petrolão, na mira da Operação custo Brasil e madrinha do pedófilo da Casa Civil, apresenta-se à parcela incauta da opinião pública como severa cobradora dos supostos desvios éticos de Temer no “Geddelgate”. Ou seja, Gleisi é um verdadeiro espanto.

Gleisi Hoffmann vem perdendo tempo com chorumelas esquerdistas apenas porque intenta assumir a liderança do bloco ideológico que foi trucidado nas recentes eleições municipais. Deveria ocupar-se com sua defesa, pois o cárcere aproxima-se de forma veloz.

Ademais, deveria dar aos brasileiros uma explicação sobre a inconcebível nomeação de um pedófilo condenado a mais de cem anos de prisão a cargo de confiança na Casa Civil. Eduardo Gaieviski, o monstro sexual protegido por Gleisi, foi incumbido por ela própria de cuidar dos programas destinados a crianças e adolescentes.

Via: http://ucho.info/sempre-delirante-gleisi-chama-os-10-mil-vandalos-que-atacaram-o-congresso-de-marcha-pacifica

Gleisi chama os 10 mil vândalos (formada pela UNE e MST) que atacaram o Congresso de “marcha pacífica” Gleisi chama os 10 mil vândalos (formada pela UNE e MST) que atacaram o Congresso de “marcha pacífica” Reviewed by Ze Felipe on 4:00:00 PM Rating: 5