[Politica]

Ads Top

"O PT tem um papel na história do Brasil que não pode ser desprezado. A política como é feita hoje gera corrupção". Diz Cardozo


O convidado do Roda Viva desta segunda-feira foi José Eduardo Cardozo, ex-ministro da Justiça. Ex-vereador em São Paulo, ex-secretário de Governo na gestão da prefeita Luiza Erundina, deputado federal de 2006 a 2010, Cardozo foi nomeado, em janeiro de 2011, ministro da Justiça de Dilma Rousseff. 
publicidade


Permaneceu no cargo até março de 2016, quando assumiu a chefia da Advocacia-Geral da União. Com o afastamento da presidente, passou a comandar a defesa de Dilma Rousseff no processo de impeachment em curso no Senado.

Confira algumas declarações do entrevistado:

“Quando se tenta destituir um governo sem crime de responsabilidade é um golpe no sentido amplo do termo. Você invoca a Constituição para rasgá-la depois”.

“O que move esse processo de impeachment é a confluência de duas forças políticas: os derrotados nas eleições de 2014, que nunca se satisfizeram com o julgamento eleitoral, somados aos insatisfeitos com a Operação Lava Jato”.

“Se há dúvida sobre se Dilma Rousseff deve ou não voltar ao governo, que se chame novas eleições. É uma proposta ousada feita, por uma pessoa que está preocupada com a democracia. Privar o povo de decidir quem governa é um erro democrático profundo. Pesquisas indicam que 60% da população quer o plebiscito”.



O PT tem um papel na história do Brasil que não pode ser desprezado. É necessário que o partido faça uma reflexão e avalie seus erros. Eu defendi a refundação do partido em 2005, logo depois do escândalo do mensalão, o que não foi aprovado. Agora, é preciso analisar o processo político da forma como ele está sendo feito hoje”.

“Não tenho a menor vontade de continuar na vida pública. Permaneci no governo porque a Dilma me convidou para ser Ministro da Justiça, mas não tenho nenhuma vontade de disputar uma eleição de novo”.

“Eu tenho vergonha do sistema político brasileiro e da falta de ousadia que tivemos para mudá-lo. A política como é feita hoje gera corrupção”.

A bancada de entrevistadores reuniu cinco jornalistas: Daniela Lima (Folha), Laura Diniz (Jota.info), Julia Duailibi (Piauí), Vera Rosa (Estadão) e João Gabriel de Lima (Época). Com desenhos em tempo real do cartunista Paulo Caruso, o programa foi transmitido ao vivo pela TV Cultura.

Via: Veja.abril.com.br

publicidade
"O PT tem um papel na história do Brasil que não pode ser desprezado. A política como é feita hoje gera corrupção". Diz Cardozo "O PT tem um papel na história do Brasil que não pode ser desprezado. A política como é feita hoje gera corrupção". Diz Cardozo Reviewed by Portal Web7 on 11:57:00 AM Rating: 5