[Politica]

Ads Top

Sérgio Moro: “Não devemos esconder nada da opinião pública. As pessoas têm o direito de saber o que seus governantes fazem"


O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, afirmou que desde o início das investigações ficou decidido, com a equipe da força-tarefa, de que não iria sonegar nenhuma informação da sociedade. 
publicidade


“Não devemos esconder nada da opinião pública. Acho que em uma democracia as pessoas têm o direito de saber o que seus governantes fazem… Fazemos isso desde o início do caso”, declarou durante uma palestra, na sexta-feira (10), na Universidade de Heidelberg, Alemanha.

Na ocasião, ele foi perguntado por uma pessoa na plateia por que divulgou os áudios de escutas telefônicas de Dilma. Moro respondeu: “É estranho que numa democracia as pessoas reclamem de uma revelação como essa. Desde o início das investigações decidimos que não iríamos esconder nenhuma informação do público”, declarou ao ressaltar que a atitude “não foi uma exceção à regra”.

O juiz também disse discordar “totalmente” das críticas de que o processo legal não tem sido cumprido na Lava Jato. “A operação não é uma bruxa caçadora”, justificou ao dizer que não “joga com a política”. “Nenhuma prisão aconteceu com base em opiniões políticas, mas em evidências de que crimes foram cometidos.”

Para Moro, a Lava Jato dá ao Brasil a oportunidade de superar a “prática vergonhosa” de pagamento de propinas. “Há uma profunda erosão na confiança na democracia”, afirmou. “A Lava Jato revela que muito pode ser feito para combater a corrupção sistêmica.”

O Executivo e Legislativo precisam implementar políticas para combater a corrupção, acrescentou. E recomendou ao setor privado elaborar meios de controle interno para acabar com a “regra do jogo” do setor público, guiada pelo pagamento de propinas.

Em um ataque ao juiz da Lava Jato, um grupo formado por acadêmicos enviou uma carta à Universidade de Heidelberg argumentando que Moro não tem credibilidade para discursar sobre combate à corrupção no Brasil, por ser “parcial” em favor de partidos como PSDB e PMDB.

No mesmo dia, abria-se um novo capítulo do caso Petrobras.  O ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho afirmou, em anexo entregue ao Ministério Público Federal, que o presidente Michel Temer pediu “apoio financeiro” para as campanhas do PMDB em 2014 a Marcelo Odebrecht, que se comprometeu com um pagamento de R$ 10 milhões.

Via: lavajatonews.com

publicidade
Sérgio Moro: “Não devemos esconder nada da opinião pública. As pessoas têm o direito de saber o que seus governantes fazem" Sérgio Moro: “Não devemos esconder nada da opinião pública. As pessoas têm o direito de saber o que seus governantes fazem" Reviewed by Portal Web7 on 1:21:00 PM Rating: 5