[Politica]

Aos gritos Lula desafia Rodrigo Janot e diz que ninguém o prende: "Eu sou o Brasil!"


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para remeter ao juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal do Paraná, as investigações relativas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula e ao ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS). Em acordo de delação premiada, #Delcídio acusou Lula de tentar evitar que o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró colaborasse com a Operação Lava Jato
publicidade


No início de maio, #Lula foi denunciado por obstruir as investigações da Lava Jato. A acusação formal, feita pela Procuradoria Geral da República (PGR), foi incluída na denúncia contra Delcídio do Amaral. Como Delcídio era senador na época, só podia ser investigado pelo Supremo. Com a cassação do mandato dele, a PGR entendeu que o caso deveria ir para a primeira instância. Ainda cabe ao ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF, decidir.

O envio da documentação ao juiz Sérgio Moro coloca Luís Inácio Lula da Silva em condição de ter seu pedido de prisão expedido a qualquer momento. A atitude de Janot irritou Lula.

Aos berros durante manifestação do PT na Avenida Paulista, nesta sexta-feira (11), Lula tomou o microfone para convocar mais uma vez a militância contra o governo Temer e alertou: “Ninguém me prende! Vocês estão comigo. Eu sou o Brasil.”

Este é o primeiro pedido da Procuradoria para que uma investigação contra o ex-presidente passe para as mãos de Moro. As outras investigações da Lava Jato contra Lula, que envolvem  o sítio de Atibaia, o triplex em Guarujá e o pedido pra que ele seja incluído no maior inquérito da operação, seguem no Supremo. Em todos os casos, se houver novos pedidos de Janot, caberá ao ministro Teori Zavascki decidir.

A assessoria de imprensa do Instituto Lula informou que ele esclareceu ao Ministério Público que “são falsas as afirmações do réu confesso Delcídio Amaral”. Segundo a assessoria, Lula também “já respondeu a essa falta denúncia, perante o Supremo Tribunal Federal, no dia 27 de maio”. O texto diz, ainda, que o ex-presidente “sempre agiu dentro da lei”.


Aos gritos Lula desafia Rodrigo Janot e diz que ninguém o prende: "Eu sou o Brasil!" Aos gritos Lula desafia Rodrigo Janot e diz que ninguém o prende: "Eu sou o Brasil!" Reviewed by Ze Felipe on 11:12:00 AM Rating: 5