[Politica]

Marco Aurélio rebate colega: "Eu tenho prazer em soltar, principalmente quando se trata de um simples investigado"


Por 3 votos a 2, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu manter na prisão a irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), Andrea Neves, presa na Operação Patmos, em 18 de maio deste ano. Foram favoráveis a manutenção da preventiva os ministros Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Rosa Weber. 
publicidade


Alexandre de Moraes e o relator Marco Aurélio Mello defenderam a revogação da punição.

Ao proferir seu voto contra a soltura, Barroso destacou que em meio a "maior operação anti-corrupção já revelada no País", Andrea e Aécio tiveram coragem de procurar o empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, para pedir R$ 2 milhões para, segundo eles, pagar as despesas dos advogados de defesa de Aécio na Lava Jato. Para o ministro, depois do mensalão e de três anos de Operação Lava Jato, o "modus operandi" do políticos parece continuar o mesmo. "Eu não tenho prazer mínimo em prender alguém. A única coisa que me alivia é que estou cumprindo o meu dever", afirmou.

Vencido no debate, Marco Aurélio rebateu o colega. "Eu tenho prazer em soltar, principalmente quando se trata de um simples investigado", disse.

Politica.estadao

Marco Aurélio rebate colega: "Eu tenho prazer em soltar, principalmente quando se trata de um simples investigado" Marco Aurélio rebate colega: "Eu tenho prazer em soltar, principalmente quando se trata de um simples investigado" Reviewed by Ze Felipe on 11:24:00 AM Rating: 5